Início >> Notícia >> Categoria >> Mundo >> Zuckerberg-vence-briga-com-acionistas-e-mantem-controle-do-Facebook

Zuckerberg vence briga com acionistas e mantém controle do Facebook
Propostas para controlar gerência do CEO e confundador da rede social foram derrubadas em reunião anual dos investidores nesta quinta

31/05/2019 às 14:00 31/05/2019 às 14:01

52

Publicada por: Francisco Silva
Fonte: istoedinheiro

As tentativas de limitar os poderes de Mark Zuckerberg dentro do Facebook foram frustradas durante a reunião anual dos acionistas, realizada nesta quinta-feira (30). Apesar da mobilização de parte do grupo, todas as propostas que limitavam a gerência do CEO e cofundador da rede social foram rejeitadas durante votação no conselho de investidores.

Entre as propostas derrubadas estavam a indicação de um presidente independente, o pedido de venda de parte dos negócios e a mudança na proporção entre o número de ações e direito à voto. Atualmente, Zuckerberg tem maior poder nas decisões do conselho por ser proprietário de um tipo de ação especial, chamada de Classe B, que dá direito a 10 votos por cada ação.

Parte dos acionistas se mobilizou para frear o poder de Zuckerberg após sucessivos escândalos de vazamento de informações dos usuários. Uma parcela do grupo acredita que a escolha de um novo líder e a criação de novas diretrizes iriam recuperar a imagem manchada da rede social.

Questionado sobre o movimento de mudança, Zuckerberg disse que é preciso encontrar um modelo de negócio que se encaixe nas necessidades da sociedade. “Acho que a grande questão que precisamos responder é: qual é a estrutura certa, seja ela regulamentação ou órgãos do setor, que nos permitirá resolver os problemas específicos com os quais estamos lidando?”.

Esta não é a primeira vez que o comando de Zuckerberg é questionado. Há anos os investidores criticam os direitos majoritários de voto do CEO. No ano passado um dos acionistas afirmou durante a reunião anual que o Facebook estava em risco de virar uma “ditadura corporativa”.

O movimento dos investidores ocorre semanas depois de Chris Hughes, outro cofundador da rede social, criticar o monopólio de  Zuckerberg e defender que a gestão dos negócios fosse desmembrada. Dias depois,  Alex Stamos, ex-diretor da área de segurança do Facebook, afirmou que Zuckerberg deveria ceder um pouco de seus poderes e indicar um novo CEO.


Publicado por: Francisco Silva

Proprietário da web Rádio Amazônia Central, Acadêmico em sistemas de informação 8º período (1/2018) e Editor de imagens. WhatsApp (69) 9 9283-9969. CV: http://lattes.cnpq.br/4738070963523179
VEJA TAMBÉM
Geral

Meteoro pode ser o motivo de tremor e barulho em Salvador

A informação foi divulgada pelo Observatório Nacional, que descartou abalos sísmicos
Data 31/03/2017 às 00:29
Mundo

Papua Nova Guiné proíbe Facebook por um mês para erradicar "usuários falsos"

Analistas vão explorar como as notícias falsas e a pornografia se espalham e avaliar se o país precisa criar sua própria versão da plataforma
Data 30/05/2018 às 14:38
Música

MC Diguinho lança clipe de versão "light" de "Só surubinha de leve"

Funkeiro vem sendo alvo de críticas em redes sociais pelos versos originais da música, como 'Taca bebida, depois taca pica e abandona na rua'.
Data 21/01/2018 às 22:30
Esporte

Vilhenense parte na frente e vem de Bitcoin

Parceria Forte!
Data 07/11/2017 às 04:13
Música

Internauta viraliza ao criticar MC

“Sua música é baixa ao ponto de me tornar um objeto despejado na rua”
Data 16/01/2018 às 19:11
Esporte

Novo manto (não) tão sagrado do Genus: os prós e os contras

Torcida não aprovou
Data 01/01/2018 às 04:31
Geral

WhatsApp para de funcionar; internautas reclamam que app está fora do ar

Empresa reconhece pane e diz que está "trabalhando para corrigir"
Data 03/05/2017 às 19:33
Ciência e tecnologia

WhatsApp apresenta novidades para chamadas de voz e vídeo

A versão de testes do aplicativo disponível somente para Android
Data 13/01/2018 às 08:30