Início >> Notícia >> Categoria >> Esporte >> Trio-de-arbitragem-feminino-recebe-insignias-FIFA

Trio de arbitragem feminino recebe insígnias FIFA
HONRARIA MÁXIMA

11/01/2018 às 03:44 11/01/2018 às 03:44

252

Publicada por: Luis Carlos Pereira
Fonte: LC Pereira

Três representantes da arbitragem feminina no quadro da FIFA receberam as insígnias de 2018 na tarde desta terça-feira (9), na sede da Confederação Brasileira de Futebol, no Rio de Janeiro (RJ). O trio formado pela árbitra Rejane Caetano (RJ), e as assistentes Daiane Caroline Muniz dos Santos (MS) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO) recebeu os escudos pelas mãos de Fernando Sarney, vice-presidente da CBF. A cerimônia contou com a presença do presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Marcos Marinho, e da coordenadora nacional de Instrução e integrante da Comissão de Arbitragem, Ana Paula de Oliveira. 

O trio recebeu as insígnias anteriormente aos outros árbitros porque viajará em breve para o Sul-Americano Sub-20 Feminino do Equador. A competição será disputada de 13 a 31 deste mês de janeiro. A expectativa delas para o torneio é grande.  

– É uma grande realização. É o sonho de todos que estão no quadro de cada Estado, chegar ao nível máximo da arbitragem, carregar o escudo FIFA e representar o nosso país. Estamos viajando amanhã para o Sul-Americano e a expectativa é muito boa para representarmos bem o Brasil – destacou Rejane, de 31 anos. 

Daiane vai integrar o quadro da FIFA pela primeira vez. No mesmo momento em que recebeu esta notícia, foi convocada para o Sul-Americano Sub-20. Aos 29 anos, a assistente do Mato Grosso do Sul descreve como foi a emoção.  

– A notícia do escudo veio junto com a convocação para o Sul-Americano. Por isso, o preparo já foi iniciado logo no dia seguinte. É um momento indescritível. A gente trabalha tanto, se prepara tanto, e quando surgem essas oportunidades, temos de agarrar – acrescentou. 

Enquanto uma está estreando, Márcia Bezerra Lopes Caetano é integrante do quadro da FIFA desde 2009. Aos 43 anos, a representante de Rondônia, que foi a primeira mulher a passar no teste físico em meio aos homens, afirma que a emoção segue como a de iniciante e transmite conselhos aos mais jovens. 

– O sentimento é que como se fosse a primeira vez. Recebemos todo ano, mas representar um escudo importante como o do Brasil é muito bom. A gente passa aos outros colegas que trabalhem porque a hora vai chegar. É o trabalho de um ano inteiro. Trabalhar para ser reconhecido e ter uma oportunidade na competição internacional. Estaremos lá e vamos representar o Brasil com muito orgulho – finalizou.

Fonte/Texto: Assessoria-CBF

Publicado por: Luis Carlos Pereira

Um apreciador da Rainha das Ciências - Matemática -, especialista em Jornalismo com ênfase em Assessoria e, Radialista com todo o carinho.
VEJA TAMBÉM
Esporte

Estádio Arlindo Braz em Humaitá AM recebe clássico Interestadual

Másters de Humaitá-AM x Ferroviário-RO
Data 14/09/2018 às 02:37
Esporte

E falando em Feras do Futebol...

Ferroviário 5 x 3 AMA
Data 21/07/2018 às 13:08
Esporte

De "ressaca" Periquito vira pra cima do Lobo e assegura o G 3

Assume o 3º Lugar!!!
Data 24/04/2017 às 04:25
Esporte

Márcia Caetano continua na elite da arbitragem

Do Norte, somente dois são FIFA
Data 17/02/2017 às 02:52
Geral

Loalwa Braz, do grupo Kaoma, é encontrada morta dentro de carro incendiado

Loalwa tinha acabado de se curar de um câncer no ovário
Data 20/01/2017 às 21:11
Esporte

Profª Cleia Regina mostra a bolinha sorteada para 3ª rodada

Arbitragem de RO em treinamento!!
Data 01/05/2017 às 18:24
Geral

Com fim do horário de verão, relógios deverão ser atrasados no domingo

O horário de verão termina a 0h do próximo domingo (19), quando os relógios devem ser atrasados em uma hora
Data 17/02/2017 às 08:17
Esporte

Série D: Genus e S. Raimundo RR para sair da rabeira

Os dois últimos colocados do Gr A03
Data 18/06/2017 às 03:26