Início >> Notícia >> Categoria >> Geral >> Tarifa-de-energia-eletrica-no-AC-tem-reajuste-de-mais-de-21-aprovado-pela-Aneel

Tarifa de energia elétrica no AC tem reajuste de mais de 21% aprovado pela Aneel
Reajuste passa a valer a partir desta quinta-feira (13). Principal motivo para aumento foi a falta de chuva no decorrer do ano, informou Energisa.

14/12/2018 às 21:30 14/12/2018 às 21:30

67

Publicada por: Francisco Silva
Fonte: Aline Nascimento, G1 AC

A Eletrobras Distribuição Acre informou, nesta terça-feira (11), que a tarifa de energia elétrica do Acre vai ter um reajuste de 21,29%. O aumento começa a contar a partir da quinta (13).

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou que o principal motivo para o reajuste foi a falta de chuva no Brasil no decorrer do ano. Por outro lado, o reajuste da parcela para as distribuidores foi negativo, de -0,29%.

“Esse efeito do custo de energia, que está compreendido dentro da parcela A, correspondeu ao todo 21% do efeito médio. Enquanto a parcela B, que fica com a Eletroacre, tem um reajuste negativo, ou seja, a receita que ela vai receber ao longo dos próximos 12 mese é menor", explicou o gerente de regulação do Grupo Energisa, Felipe Tenório.

Ainda segundo Tenório, a próxima fatura de energia elétrica será calculada em cima do consumo feito até o dia 13 com a tarifa vigente e o consumo, a partir desta data, calculado com o reajuste.

"É importante a compreensão de que a conta não é apenas pelo custo da Eletroacre. Compreende a Eletroacre, que é a distribuição, mas também tem os encargos e impostos das empresas de transmissão", afirmou.

O gerente ressaltou ainda o Brasil possui um sistema de atendimento de fornecimento de energia interligado, que é mais eficiente, e não trata a aquisição de energia de forma isolada.

"A Eletrobras possui em seu contrato usinas que geram energia através do vento, que é a energia eólica, localizadas no Nordeste. Ou seja, tem um custo mais baixo do que uma usina hidráulica, e o consumidor do Acre está sendo beneficiado com um custo mais baixo por essa energia adquirida do Nordeste. Justamente porque o Brasil é um sistema interligado, então, o efeito de falta de chuva afeta o país interior”, finaliza.

Publicado por: Francisco Silva

Proprietário da web Rádio Amazônia Central, Acadêmico em sistemas de informação 8º período (1/2018) e Editor de imagens. WhatsApp (69) 9 9283-9969. CV: http://lattes.cnpq.br/4738070963523179
VEJA TAMBÉM