Início >> Notícia >> Categoria >> Geral >> Servidor-federal-podera-ser-remanejado-mesmo-sem-aval-do-orgao-de-origem

Servidor federal poderá ser remanejado mesmo sem aval do órgão de origem
Planejamento terá carta branca; medida pode afetar 1,2 milhão de funcionários

06/07/2018 às 09:17 06/07/2018 às 09:17

113

Publicada por: Francisco Silva

Com concursos e contratações restritos pelo ajuste fiscal, o governo quer facilitar o remanejamento de servidores dentro do Executivo. Uma portaria publicada nesta quarta-feira dá ao Ministério do Planejamento poder de deslocar funcionários que estão subaproveitados, desde que mantenham a mesma função. A mudança deve atingir órgãos como a Infraero, por exemplo, que encolheu nos últimos anos após a concessão de aeroportos, e tem um quadro amplo de pessoal a ser remanejado. Com a portaria, a ideia do governo é dar mais segurança jurídica a esse processo e evitar problemas como o enfrentado pelo Serpro, que fechou um acordo milionário com um grupo de funcionários que foi cedido ao Ministério da Fazenda no passado e ingressou na Justiça por desvio de função.

O secretário-executivo do Planejamento, Gleisson Rubin, explica que o remanejamento só poderá ser feito para uma função correlata à já praticada pelo servidor em seu posto de origem. E depois de uma análise sobre a real necessidade do deslocamento. Ele explica ainda que o funcionário manterá todos os direitos, benefícios e vantagens adquiridos em seu cargo original, entre eles contagem de tempo de serviço e de férias.

IFrame

— A portaria deixa claro que o servidor que é movimentado para compor força de trabalho de outro órgão permanece com todos os direitos, vantagens e benefícios referentes ao órgão de origem. Não há que se falar em desvio de função e prejuízo aos quadros de quem cede. O servidor leva toda a sua situação funcional, não caberá nenhum tipo de questionamento futuro — explicou.

A possibilidade de remanejamento de servidores já estava prevista na lei 8.112. A portaria regulamenta esse processo. Segundo Rubin, da forma como era até então, o remanejamento era dificultado e restrito a algumas situações. Além disso, existia a prerrogativa de que o órgão de origem negasse o deslocamento, o que fica impedido. A exceção são as empresas estatais e de economia mista (como Petrobras e Banco do Brasil), que precisarão dar o aval para a transferência.

A portaria deixa claro que o órgão que pedir o servidor tem que especificar motivos e o perfil do funcionário que necessita. Todo o processo de análise e cessão fica centralizado no Planejamento, que verificará caso a caso se o deslocamento é necessário e o funcionário que melhor se encaixa nessa função.

— A ideia é analisar caso a caso quais são as disponibilidades e necessidades. O Ministério do Planejamento vai exercer um papel de equacionar esses dois lados — disse o secretário.

Inicialmente a ideia é focar as transferências nas chamadas “atividades meio”, comuns a todos os órgãos. Estão nessa lista áreas responsáveis por processos de licitação, gestão de folha, tecnologia da informação e processo jurídico, por exemplo.
stest 

Publicado por: Francisco Silva

Proprietário da web Rádio Amazônia Central, Acadêmico em sistemas de informação 8º período (1/2018) e Editor de imagens. WhatsApp (69) 9 9283-9969
VEJA TAMBÉM
Esporte

RCP e FROPE conquistam 21 medalhas no Centro Oeste

Bravos Paratletas!!!
Data 24/04/2018 às 02:11
Economia

Receita Federal e PRF combatem comércio ilegal em camelódromo

As mercadorias com indícios de entrada irregular no país foram retidas
Data 05/05/2017 às 23:40
Economia

Congresso aprova Orçamento de 2018 com déficit menor e salário mínimo de R$ 965

Parlamentares aprovaram texto que prevê deficit primário de R$ 157 bi para o governo federal no próximo ano
Data 15/12/2017 às 09:18
Geral

PRF inicia 'Operação Finados' nas principais rodovias federais de Rondônia

'Operação Finados' iniciou nesta quarta-feira (1º) e vai até a última hora de domingo (5). Policiamento é reforçado nas principais rodovias federais de RO e AC.
Data 01/11/2017 às 20:13
Geral

Caminhões com diesel são escoltados até usinas termelétricas em Rondônia

Em Rondônia, sete municípios estão sem energia elétrica desde a manhã desta sexta-feira (25).
Data 26/05/2018 às 01:42
Geral

Semana Nacional de Trânsito visa conscientizar motoristas em Guajará Mirim, RO

Com o lema "Nós somos o trânsito", programação segue até próxima terça-feira (25). Durante a semana, participantes marcarão presença em palestras e blitzes educativas.
Data 19/09/2018 às 00:45
Música

Solange Almeida anuncia saída do grupo Aviões do Forró

Cantora esteve no grupo durante 14 anos
Data 23/12/2016 às 03:24
Geral

Casa onde venezuelanos viviam pega fogo e criança fica ferida em RR

Criança de 3 anos e o pai estão internados com queimaduras pelo corpo. Familiares acreditam que incêndio foi criminoso. Polícia Civil investiga.
Data 08/02/2018 às 19:23