Início >> Notícia >> Categoria >> Geral >> Receita-acha-carregadores-de-fuzil-com-pecas-de-carrinho-de-bebe-no-Galeao

Receita acha carregadores de fuzil com peças de carrinho de bebê no Galeão
Carregadores de fuzil estavam escondidos com peças de carrinho de bebê

18/02/2017 às 22:55 18/02/2017 às 22:56

797

Publicada por: Francisco Silva
Fonte: UOL

A Receita Federal interceptou no Aeroporto Internacional do Galeão, na zona norte do Rio, uma carga de 24 carregadores para fuzil vinda da Polônia, na Europa Oriental.

O material, encontrado na última terça-feira, 14, pela Seção de Remessas Postais Internacionais da Alfândega, estava dentro de uma caixa, misturado com peças de um carrinho de bebê. Seu destino era uma favela de São Gonçalo, na região metropolitana do Rio.

Alertada, a Polícia Federal realizou nesta quinta-feira, 17, uma entrega simulada da carga na agência dos Correios para onde o material fora destinado. O objetivo era montar uma cilada para prender o destinatário dos carregadores. Uma mulher de 63 anos apresentou-se para retirar o "carrinho de bebê" e foi presa em flagrante pelos agentes. Ela foi indiciada pelo crime de tráfico internacional de armas. Seu nome não foi divulgado pela PF, nem o nome da comunidade que receberia as peças de armamento.

Segundo o inspetor chefe adjunto da alfândega do Galeão, Fernando Fraguas, sua equipe desconfiou da encomenda quando viu que a descrição estava em polonês.

"Como a descrição não estava em inglês, francês ou espanhol, normalmente línguas usadas nas declarações, desconfiamos do que se tratava. Assim que passamos a caixa no raio-X, descobrimos o material ilegal", disse o inspetor ao jornal "O Estado de S. Paulo".

Logo depois da descoberta, a PF foi acionada. Os policiais federais passaram a monitorar a encomenda até fazer a operação de entrega falsa nos Correios. De acordo com Fraguas, é comum que misturem lícito com ilícito, para tentar enganar as autoridades.

"Por isso, olhamos com cuidado todas as remessas. Também temos achado muitas drogas vindas da Europa para o Brasil, como haxixe, ecstasy e agora o MDMA. Só no ano passado, fizemos 213 apreensões só no Galeão", disse Fraguas.

O inspetor também afirmou que, em seis anos na atividade, nunca tinha encontrado uma carga de carregadores para fuzil no aeroporto. "O que descobrimos foi munição para fuzil, no ano passado", afirmou.

Publicado por: Francisco Silva

Proprietário da web Rádio Amazônia Central, Acadêmico em sistemas de informação 8º período (1/2018) e Editor de imagens. WhatsApp (69) 9 9283-9969
VEJA TAMBÉM
Geral

Operação Buracos afasta três servidores do DNIT em Rondônia

Eles são acusados de deviar recursos públicos juntamente com empresários em RO e AC.
Data 31/10/2017 às 22:41
Música

Solange Almeida anuncia saída do grupo Aviões do Forró

Cantora esteve no grupo durante 14 anos
Data 23/12/2016 às 03:24
Esporte

Barça de virada faz 2 a 1 no selecionado de Cabixi

Primeiro amistoso do Catalão
Data 29/01/2017 às 03:46
Cultura

A Amazônia não é nossa

O governo Temer e a bancada ruralista do Congresso estão empenhados em transformar a maior floresta tropical do mundo em propriedade privada de poucos
Data 04/10/2017 às 08:26
Esporte

Rondoniense SC põe ingressos antecipados com valor bem popular

Copa Verde a bola da vez
Data 22/02/2017 às 15:23
Geral

Forças Armadas voltam à Rocinha, na Zona Sul do Rio

Danúbia Rangel, mulher do traficante Nem, foi presa do Morro do Dendê nesta terça-feira. Seiscentos homens das Forças Armadas atuam na região.
Data 11/10/2017 às 21:21
Economia

Congresso aprova Orçamento de 2018 com déficit menor e salário mínimo de R$ 965

Parlamentares aprovaram texto que prevê deficit primário de R$ 157 bi para o governo federal no próximo ano
Data 15/12/2017 às 09:18