Início >> Notícia >> Categoria >> Comunidade >> Prefeitura-melhora-acesso-a-comunidade-Santa-Marcelina

Prefeitura melhora acesso à comunidade Santa Marcelina
As melhorias estão previstas para valer a partir de hoje (19/03)

19/03/2018 às 09:19 19/03/2018 às 09:19

139

Publicada por: Francisco Silva
Fonte: Acessoria

Com objetivo de prestar melhor atendimento aos usuários, em especial aos pacientes do Hospital de Amor da Amazônia e Hospital Santa Marcelina na BR-364, sentido Candeias do Jamari, a prefeitura de Porto Velho realizou nova mudança no itinerário dos ônibus que fazem o transporte coletivo para aquela região.

Pelo novo trajeto, os ônibus sairão do Terminal Hospital de Base, na avenida Jorge Teixeira, seguem pela mesma via até chegar na BR-364, onde continuam pela rodovia federal até chegar a comunidade Santa Marcelina. O retorno é feito pelo mesmo caminho (sentido inverso) até chegar novamente ao Terminal do Hospital de Base.

“Os passageiros que utilizam a referida linha podem fazer integração com as demais linhas do sistema dentro dos próprios coletivos, desde que seja respeitado o período máximo de 90 minutos”, explica Carlos Henrique da Costa, titular da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transporte (Semtran).

A mudança passa a valer a partir do próximo dia 19, mas de acordo com o secretário, a nova rota não será mais contemplada pela tarifa social, no valor de 1 real, já que atenderá outras áreas de interesse da população, o que inviabiliza a permanência da tarifa diferenciada.

Alteração

No dia 23 de janeiro deste ano, a prefeitura já havia realizado alteração da rota, pois os ônibus faziam um longo e demorado percurso de 50 quilômetros, saindo da comunidade Santa Marcelina (km 17, sentido Candeias) até o Terminal Central na rua Euclides da Cunha, no centro de Porto Velho.

Com essa mudança, o percurso caiu para 30 quilômetros. Os coletivos passaram a circular somente até o Terminal do Ulysses Guimarães, na Estrada dos Periquitos, onde faziam integração com outras linhas.

“Ocorre que a referida alteração não atingiu as expectativas levantadas em estudo prévio, o que causou transtornos na locomoção dos usuários que precisavam chegar ao Hospital de Amor da Amazônia e Santa Marcelina, daí a necessidade de fazermos essa nova mudança”, declarou o secretário da Semtran.

IDA

Terminal Hospital de Base, avenida Jorge Teixeira, BR-364, entrada Bairro Novo, BR-364, avenida Orestes Floriano Bonato (retorno Senai), BR-364, Hospital Santa Marcelina.

VOLTA

BR-364, Hospital de Amor da Amazônia, BR-364, avenida Jorge Teixeira, Terminal do Hospital de Base.

Publicado por: Francisco Silva

Proprietário da web Rádio Amazônia Central, Acadêmico em sistemas de informação 8º período (1/2018) e Editor de imagens. WhatsApp (69) 9 9283-9969
VEJA TAMBÉM
Esporte

Taça 100 anos do Alto Madeira, tem o pontapé inicial do Jornalista Euro Tourinho

Mirandinha e Sr. Euro, convidados ilustres
Data 04/04/2017 às 03:29
Esporte

EUA expulsam 35 diplomatas russos por ciberataques

As expulsões foram motivadas pelos ataques das eleições presidenciais
Data 30/12/2016 às 20:01
Música

Lollapalooza 2018: venda de ingressos começa em 16 de setembro

Lolla Pass, que dá acesso a 3 dias de festival, custará a partir de R$ 650. Festival acontecerá em 23, 24 e 25 de março, em São Paulo.
Data 07/09/2017 às 19:52
Geral

Grupo faz protesto contra famílias gays em Rondônia

Após uma decisão de prefeitura de Ariquemes-RO em suprimir páginas didáticas com casais homoafetivos grupos evangélicos se reunem a favor da idéia
Data 06/02/2017 às 20:29
Geral

Morre segurança que ateou fogo em crianças de creche em Janaúba, MG

Quatro crianças morreram; cerca de 40 pessoas foram levadas para o hospital local – 25 delas seguem internadas.
Data 05/10/2017 às 21:09
Música

Festival Caymmi de Música acontece neste sábado e domingo

Além de representantes concorrentes ao Prêmio Caymmi de Música o projeto recebe a convidada Anelis Assumpção.
Data 11/04/2017 às 22:42
Geral

Governo avalia levar Venezuelanos para outros estados

Prefeitura de Boa Vista que 40 mil imigrantes vivem na cidade
Data 08/02/2018 às 19:01