Início >> Notícia >> Categoria >> Geral >> Pastor-deixa-mulher-paraplegica-apos-arremessa-la-no-chao-de-igreja

Pastor deixa mulher paraplégica após arremessá la no chão de igreja
O pastor disse que iria curar a fiel e jogou no chão, deixando ela paraplégica

03/04/2018 às 11:53 03/04/2018 às 11:53

363

Publicada por: Francisco Silva

O pastor José Raimundo da Silveira, 42 anos, foi indiciado por lesão corporal pela polícia do município de Carauari (a 702 quilômetros de Manaus) após atirar uma mulher contra o chão durante culto.

O pastor, de acordo com fiéis, pegou Juliana Martins Costa, de 28 anos, ergueu sobre a cabeça e a jogou no chão da igreja com o intuito de curá-la depois que ela reclamou de dores nas costas.

Ainda de acordo com os fiéis que testemunharam a cena, o pastor se prontificou a ajudar a jovem e disse que acreditava no poder da fé para melhorar seu desconforto na coluna vertebral, mas utilizou de força física para lançá-la contra o chão.

A fiel ficou paraplégica (perdeu o movimento das pernas) e a família entrou contra ação processando o pastor.

Publicado por: Francisco Silva

Proprietário da web Rádio Amazônia Central, Acadêmico em sistemas de informação 8º período (1/2018) e Editor de imagens. WhatsApp (69) 9 9283-9969
VEJA TAMBÉM
Comunidade

Exposição Agropecuária de Ouro Preto do Oeste tem programação completa definida

Festa acontece em cinco noites durante o mês de setembro de 2017
Data 07/05/2017 às 23:58
Esporte

Mais um atacante que chega ao Real Ariquemes!

Atacante joga tanto na esquerda como na direita
Data 05/02/2017 às 04:42
Cultura

A Amazônia não é nossa

O governo Temer e a bancada ruralista do Congresso estão empenhados em transformar a maior floresta tropical do mundo em propriedade privada de poucos
Data 04/10/2017 às 08:26
Comunidade

Conflito por terra atinge 93 mil famílias e matou 47 este ano na Amazônia

Somente em 2017, esses conflitos teriam resultado em 47 assassinatos até 23 de agosto
Data 04/10/2017 às 08:33
Geral

Grupo faz protesto contra famílias gays em Rondônia

Após uma decisão de prefeitura de Ariquemes-RO em suprimir páginas didáticas com casais homoafetivos grupos evangélicos se reunem a favor da idéia
Data 06/02/2017 às 20:29