Início >> Notícia >> Categoria >> Geral >> Negado-novo-pedido-de-liberdade-a-mulher-ligada-a-Fernandinho-Beira-Mar

Negado novo pedido de liberdade a mulher ligada a Fernandinho Beira Mar

Imagem não disponível

Ela foi presa no âmbito da operação Epístola, por suposta participação em organização criminosa liderada pelo traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar

116

Francisco Silva 13/01/2018 às 08:22 13/01/2018 às 08:22

A presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministra Laurita Vaz, indeferiu pedido de liminar em habeas corpus impetrado em favor de Danúbia Santos da Silva. Ela foi presa no âmbito da operação Epístola, por suposta participação em organização criminosa liderada pelo traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, de dentro da penitenciária federal de Porto Velho.

Danúbia havia impetrado outros dois habeas corpus no STJ — julgados pelos ministros Rogerio Schietti Cruz e Antonio Saldanha Palheiro. Nesse terceiro pedido, foi alegado, essencialmente, constrangimento ilegal na prisão, por ausência de fundamentação concreta; excesso de prazo no julgamento do mérito do habeas corpus pela instância de origem; e pedido, além do alvará de soltura, do reconhecimento da prevenção do ministro Rogerio Schietti Cruz como relator.

Pedido reiterado

Ao analisar a impetração, Laurita Vaz observou que o novo habeas corpus trata de mera reiteração das alegações apresentadas nos dois anteriores, que foram indeferidos liminarmente.

Ela citou trechos das decisões, que consideraram a “imprescindibilidade da prisão como única hipótese a tutelar a ordem pública”, em razão de a investigada possuir papel de destaque no contexto criminoso e que não reconheceram flagrante ilegalidade capaz de justificar a intervenção do STJ antes do julgamento na instância de origem.

“Ao analisarem as alegações do presente writ, dois ministros desta corte deixaram de reconhecer a configuração de constrangimento ilegal na prisão processual da paciente. Dessa forma, não é possível deferir o provimento urgente requerido”, decidiu a presidente.

Em relação ao reconhecimento da prevenção do ministro Rogerio Schietti Cruz, a ministra Laurita Vaz destacou que a decisão em sede de liminar não teria nenhuma influência, uma vez que durante o plantão judicial os pedidos urgentes são todos analisados pela Presidência do STJ.

Esta notícia refere-se ao(s) processo(s): HC 430145

imagem

Francisco Silva

Proprietário da web Rádio Amazônia Central, Acadêmico em sistemas de informação 8º período (1/2018) e Editor de imagens. WhatsApp (69) 9 9283-9969
VEJA TAMBÉM
Esporte

Barça já tem 11 meninas que se juntarão a mais 10 para, das 21 sair a musa/17

Irão formar animadoras da torcida
Data 02/03/2017 às 03:20
Música

Jennifer Lopez e Jay Z anunciam show em favor das vítimas de furacões

Show será no dia 17 de outubro no Barclays Center do Brooklyn. DJ Khaled, Cardi B, Joey Bada$$, Belly, Iggy Azalea, Vic Mensa e Daddy Yankee já confirmaram presença.
Data 28/09/2017 às 18:24
Geral

Trabalhar em empresa investigada por corrupção mancha o currículo?

Veja alguns depoimentos
Data 05/09/2017 às 21:16
Esporte

Trio de arbitragem feminino recebe insígnias FIFA

HONRARIA MÁXIMA
Data 11/01/2018 às 03:44
Esporte

Conheça os 25 atletas já selecionados pelo RSC

Serão quatro competições
Data 31/01/2017 às 04:27
Geral

Bolsa Família reduz 485 mil beneficiários em 3 anos

Jéssica da Silva, 23, tem três filhos e teve o Bolsa Família cortado porque as crianças deixaram de frequentar a escola: "Não tinha vaga, o que ia fazer?"
Data 02/03/2017 às 11:53
Música

Pitty completa nova temporada do ‘Saia Justa’

Cantora é a novidade deste ano, ao lado da atriz Taís Araújo. Saíram Maria Ribeiro e Barbara Gancia
Data 13/02/2017 às 04:15
Geral

Em momento de fúria, filha põe fogo na casa da mãe

Em Vilhena - RO filha colocou fogo nos fundos da casa onde morava após discursão
Data 18/02/2017 às 22:21