Manchas de óleo voltam a aparecer em Alcobaça, um dos polígonos de Abrolhos

Nesta terça-feira (5), a visitação ao local foi suspensa até o dia 14 de novembro. A previsão é de que o parque reabra no feriado de 15 de novembro.
Fonte: correio24horas
quinta-feira, 07 novembro 2019 às 09:36

Novos vestígios de petróleo cru chegaram a Alcobaça, município no Extremo Sul da Bahia, na manhã desta quarta-feira (6), segundo a Rede Abrolhos. Não há, ainda, estimativa de quantos quilos foram recolhidos da praia.

O biólogo Rodrigo Leão de Moura, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e um dos coordenadores da Rede Abrolhos, grupo de pesquisa que atua no monitoramento da saúde dos ecossistemas do Arquipélago há quase duas décadas, enviou ao CORREIO um vídeo que confirma a chegada da segunda onda de óleo.

O município está em um dos polígonos de proteção do arco de recifes costeiros do Parque de Abrolhos. O parque abriga a maior biodiversidade marinha de todo o Oceano Atlântico Sul e possui dois polígonos: um protege o arco de recifes costeiros localizado entre os municípios de Alcobaça e Prado; e outro que abrange o Arquipélago dos Abrolhos - composto pelas ilhas Redonda, Siriba, Sueste, Guarita e Santa Bárbara.


Publicado por Francisco Silva
Proprietário da web Rádio Amazônia Central, Acadêmico em sistemas de informação 8º período (1/2018) e Editor de imagens. WhatsApp (69) 9 9283-9969. CV: http://lattes.cnpq.br/4738070963523179

Veja também