Início >> Notícia >> Categoria >> Comunidade >> Impasse-com-transporte-escolar-se-repete-em-distritos-de-Porto-Velho

Impasse com transporte escolar se repete em distritos de Porto Velho
O problema é mais uma vez o débito das empresas com o Município

11/02/2018 às 04:08 11/02/2018 às 04:08

162

Publicada por: Francisco Silva
Fonte: rondoniagora

As aulas na rede municipal de ensino tiveram início na última segunda-feira (5), mas alunos de alguns distritos, que precisam do transporte escolar, continuam fora da sala de aula. Isso porque o serviço não está normalizado em algumas regiões e os pais dos estudantes já reclamam do prejuízo, pela perda de aulas dos filhos. O problema é mais uma vez o débito das empresas com o Município.

Jamily Vieira da Silva, mãe de aluno, moradora da Zona Rural de Porto Velho relata o descaso que tem ocorrido nos últimos anos e que voltou a se repetir. Por email, ela conta que até já ligou na Secretaria Municipal de Educação e garantiram que na quinta-feira (8), o serviço seria regularizado. “Meus filhos acordaram 5 horas da manhã para esperar o ônibus e mais uma vez nada. Isso já virou uma palhaçada, pois todos os anos é isso. Peço encarecidamente ao senhor secretário de educação que nos ajude, pois nós só queremos um transporte para que nossos filhos possam comparecerem as aulas. É um direito garantido pelo o Estatuto da Criança e do Adolescente. Se nós não mandarmos nossos filhos ao colégio o juizado de menores cobra, então agora eu pergunto: cadê ele agora para cobrar de vocês? ”, questiona Jamily.

A mesma cobrança tem Kelly, moradora de Extrema. Ela diz que os alunos estão ficando fora da sala de aula por falta do transporte. “Os alunos da cidade estão todos estudando menos os nossos, pois o ônibus escolar não está passando...Queremos resposta, o que está acontecendo com o transporte escolar será que isso nunca vai melhorar? ”, pergunta a mãe.

Por telefone, o secretário de educação do município de Porto Velho, Marcos Albuquerque, garante que 70% do serviço está normalizado. No entanto, as empresas, que já estavam com problemas de regularidades tributária e fiscal em 2017, continuam apresentando os problemas. “Em Extrema, nós vamos verificar o que aconteceu, pois, o transporte lá era para estar normal. Já nas proximidades de Porto Velho, onde as empresas Amazon Tur e Rondonorte atendem, está interrompido porque elas continuam com irregularidades. É bom frisar que a Semed encaminhou o processo para pagamento para a Semfaz, mas elas não conseguem apresentar as certidões exigidas. Para resolver esse problema, a Prefeitura está retendo o valor do débito delas e efetuando o pagamento”, esclarece o secretário.

Ainda de acordo com ele, a empresa Flecha Turismo é responsável por cerca de 60% do serviço de transporte escolar, inclusive o transporte fluvial. Ela consegue manter a regularidade fiscal e tributária mantendo a execução do serviço em dia. São cerca de 1 mil alunos afetados com o problema que já vem de cerca de quatro anos com essas duas empresas. Mas nós estamos orientando as escolas e acompanhando para que os alunos não sejam prejudicados. Um novo calendário para essas escolas deve ser organizado e executado”, garante Marcos Albuquerque.

Nova licitação

O atual contrato de transporte escolar em execução no município de Porto Velho foi aditado no ano passado e tem validade até abril do próximo deste ano. De acordo com o secretário municipal de educação, um processo licitatório teve início em agosto e ainda está na Comissão de Licitações. “Quando eu assumi a secretaria já dei início ao processo. Tivemos que percorrer todas as linhas, fazendo medição, para poder licitar. O processo de licitação de transporte escolar é um dos mais complexos, por isso é demorado. Mas estamos correndo para em abril já começar a prestação do serviço com o novo contrato”, finaliza o secretário.

Publicado por: Francisco Silva

Proprietário da web Rádio Amazônia Central, Acadêmico em sistemas de informação 8º período (1/2018) e Editor de imagens. WhatsApp (69) 9 9283-9969
VEJA TAMBÉM
Geral

Manifestações em SP terminam em confronto em frente à casa de Temer

A sexta-feira amanheceu sem ônibus, trens e metrô, com a convocação de paralisação
Data 29/04/2017 às 18:24
Geral

Aeronave cai em Tabatinga-AM com um sobrevivente

Piloto, copiloto e dois funcionários estavam na aeronave.
Data 24/12/2016 às 15:01
Esporte

Trio de arbitragem feminino recebe insígnias FIFA

HONRARIA MÁXIMA
Data 11/01/2018 às 03:44
Música

Paula Fernandes entra na onda do reggaeton

Cantora lança faixa com as batidas do gênero latino e fala na letra sobre superação de uma traição.
Data 14/07/2017 às 13:30
Geral

Com fim do horário de verão, relógios deverão ser atrasados no domingo

O horário de verão termina a 0h do próximo domingo (19), quando os relógios devem ser atrasados em uma hora
Data 17/02/2017 às 08:17
Música

UFPA promove I Encontro Internacional de Música

Evento aberto na próxima segunda-feira, 26, contará com cursos, recitais e masterclasses em diversos espaços culturais da capital paraense.
Data 25/06/2017 às 17:39
Educação

Só 5% dos alunos com desempenho baixo perdem Fies

Portaria do MEC prevê cancelamento de contrato quando estudante não é aprovado em 75% das disciplinas, mas são as próprias faculdades que monitoram resultado e dão aval à renovação; sistema é...
Data 05/08/2018 às 01:33