Início >> Notícia >> Categoria >> Geral >> Ex-presidente-do-INEM-fica-em-prisao-preventiva

Ex presidente do INEM fica em prisão preventiva
Após dois dias a ser ouvido, Luís Cunha Ribeiro recebeu a medida de coação máxima. É suspeito de corrupção passiva no negócio de venda de plasma sanguíneo

18/12/2016 às 08:01 18/11/2017 às 21:24

218

Publicada por: Francisco Silva
Fonte: Expresso

O ex-presidente do INEM, Luís Cunha Ribeiro, suspeito de corrupção passiva no negócio de venda do plasma sanguíneo aos hospitais públicos portugueses, vai ficar em prisão preventiva, avança a SIC Notícias.

O médico, que é também o ex-responsável da Administração Regional de Saúde (ARS) de Lisboa e Vale do Tejo, recebe assim a medida de coação máxima e terá de aguardar julgamento na prisão. Para já, não se sabe ainda o que terá levado a juíza de instrução a tomar esta decisão.

Sabe-se apenas que Luís Cunha Ribeiro foi detido na terça-feira e esteve a ser ouvido nos últimos dois dias no Campus da Justiça, em Lisboa, sendo que a medida de coação foi conhecida este sábado à noite.

Em causa está a operação "O negativo" que investiga suspeitas de corrupção na concessão à farmacêutica Octopharma do monopólio do negócio da venda do plasma sanguíneo aos hospitais públicos portugueses.

"No inquérito investigam-se suspeitas de obtenção, por parte de uma empresa de produtos farmacêuticos, de uma posição de monopólio no fornecimento de plasma humano inativado e de uma posição de domínio no fornecimento de hemoderivados a diversas instituições e serviços que integram o Serviço Nacional de Saúde (SNS)", referia a nota que a Procuradoria Geral da República (PGR) enviou na terça-feira.

No esquema, que ocorreu entre 1999 e 2015, "um representante da referida empresa de produtos farmacêuticos e um funcionário com relevantes funções no âmbito de procedimentos concursais públicos nesta área da saúde terão acordado entre si que este último utilizaria as suas funções e influência para beneficiar indevidamente a empresa do primeiro", diz a PGR.

Publicado por: Francisco Silva

Proprietário da web Rádio Amazônia Central, Acadêmico em sistemas de informação 8º período (1/2018) e Editor de imagens. WhatsApp (69) 9 9283-9969
VEJA TAMBÉM
Geral

Fronteira fechada deixa brasileiras sem poder sair da Venezuela

Brasileiras de Roraima e do Amazonas estão há dez dias na Venezuela. Itamaraty diz que é feito articulação para brasileiros retornarem ao Brasil.
Data 18/12/2016 às 05:05
Geral

Papa Francisco evoca a paz ante o terrorismo

Francisco falou sobre a guerra na Síria e o conflito entre israelenses e palestinos
Data 25/12/2016 às 14:16
Esporte

Paulo Cesar Schardong deixa o comando do Ariquemes FC

Dirigiu o Peixe por seis rodadas
Data 19/04/2017 às 15:07
Geral

Pais das vítimas da Boate Kiss foram preocessados pelo Ministério Público

Promotores não gostaram das críticas feitas pelos pais a imprensa.
Data 24/01/2017 às 02:35
Geral

A SpaceX já está divulgando sua viagem para Marte

O projeto Inspiration Mars, pretende enviar uma missão tripulada a Marte em janeiro de 2018
Data 24/04/2017 às 23:41
Geral

Modernização e inovações tecnológicas marcam nova fase do Ipem em Rondônia

O Instituto de Pesos e Medidas (Ipem) de Rondônia é um aliado da sociedade e passa por uma nova fase.
Data 09/02/2018 às 02:49
Economia

Crise política deixa Amazônia vulnerável, diz Financial Times

Principal jornal de finanças da Europa, o britânico Financial Times afirma em reportagem publicada neta quarta-feira que "a Amazônia parece novamente vulnerável", diante da crise política que...
Data 17/01/2018 às 18:25
Geral

Porto Público de Porto Velho comemora resultados de 2017

Até o fechamento do relatório de movimentação de cargas, realizado em dezembro, a previsão da 2,4 milhões de toneladas exportada/importada
Data 22/12/2017 às 21:08