Início >> Notícia >> Categoria >> Geral >> Dono-de-posto-de-combustivel-em-Cuiaba-e-detido-por-aumento-abusivo-durante-greve

Dono de posto de combustível em Cuiabá é detido por aumento abusivo durante greve
De acordo com a Polícia Civil, a margem de lucro em cima do etanol era de 62%. Fiscalização também flagrou outro posto vendendo combustível com lucro de 70%

30/05/2018 às 00:41 30/05/2018 às 00:41

66

Publicada por: Amazônia Central
Fonte: G1

O dono de um posto de Cuiabá foi detido em flagrante nessa segunda-feira (28) por aumento abusivo do preço de combustível. A detenção ocorreu durante fiscalização da Delegacia Especializada do Consumidor e do Procon Estadual.

O posto fica na Avenida Miguel Sutil, no Bairro Bosque da Saúde, e tinha uma fila enorme para abastecer. O estabelecimento estava vendendo o litro da gasolina a R$ 4.979 e o etanol a R$ 3.979.

De acordo com a Polícia Civil, houve a confirmação no aumento no preço do combustível após análise das notas fiscais.

O posto tinha adquirido o etanol no dia 26 deste mês por R$ 2,35, e nova aquisição no dia 28 de maio por R$ 2.45 o álcool, operando assim com margem de 62% de lucro em cima do produto comprado por R$ 2.45 e vendido por R$ 3.979, enquanto a margem prevista é de no máximo 20%.

Após o auto de constatação do Procon Estadual, o proprietário alterou o valor para R$ 2.979 e foi conduzido à Delegacia do Consumidor, onde foi autuado em flagrante.

O proprietário do posto foi autuado em flagrante por ganhos ilícitos em detrimento do povo ou de número indeterminado de pessoas mediante especulações ou processos fraudulentos e provocar a alta ou baixa de preços de mercadorias, títulos públicos, valores ou salários por meio de notícias falsas, operações fictícias ou qualquer outro artifício.

As penas previstas para esses crimes podem variar de 6 meses a 2 anos e multa e de 2 anos a 10 anos, além de multa, respectivamente.

Ele foi encaminhado para audiência de custódia.

Operação combate preços abusivos ao consumidor (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Operação combate preços abusivos ao consumidor (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Durante a operação de fiscalização, em outro posto, situado na Avenida Ipiranga, Jardim Independência, em Cuiabá, foi também constatado majoração de preço no combustível. A placa anunciava o valor do etanol a R$ 3.979, produto a venda no momento.

Foi feito auto de constatação ao posto, após verificar as notas fiscais e confirmar que o produto (etanol) foi comprado na segunda-feira (28) por R$ 2,26 e era vendido a R$ 3.979, dando margem de lucro de quase R$ 76%, aumento este considerado sem justa causa, para ganhos excessivos.

A Decon informou que vai instaurar inquérito policial para responsabilizar o dono no campo criminal, que não estava no estabelecimento no momento da fiscalização.

Publicado por: Amazônia Central

Web rádio da amazônia levando o melhor som em qualquer lugar
VEJA TAMBÉM
Geral

Porto Público de Porto Velho comemora resultados de 2017

Até o fechamento do relatório de movimentação de cargas, realizado em dezembro, a previsão da 2,4 milhões de toneladas exportada/importada
Data 22/12/2017 às 21:08
Economia

Congresso aprova Orçamento de 2018 com déficit menor e salário mínimo de R$ 965

Parlamentares aprovaram texto que prevê deficit primário de R$ 157 bi para o governo federal no próximo ano
Data 15/12/2017 às 09:18
Geral

Crise não impediu planejamento para viagens de fim de ano, em Porto Velho

Quem planejou a viagem com antecedência se deu bem nesse fim de ano
Data 11/12/2017 às 16:02
Geral

Caminhoneiros bloqueiam BR 364 em protesto contra a alta do diesel, em Rndônia

Manifestantes fecharam rodovia com pneus na região de Candeias do Jamari, Jaru, Ouro Preto e Vilhena. Tráfego de carros, ônibus e ambulâncias está liberado.
Data 23/05/2018 às 01:23
Geral

Bolsa Família reduz 485 mil beneficiários em 3 anos

Jéssica da Silva, 23, tem três filhos e teve o Bolsa Família cortado porque as crianças deixaram de frequentar a escola: "Não tinha vaga, o que ia fazer?"
Data 02/03/2017 às 11:53
Geral

Número dois da Uber deixa a companhia, que avalia mudanças na direção

Michael deixou o cargo na empresa, segundo fontes próximas ao caso. A multinacional passa por uma reforma da direção em meio a acusações de machismo e abuso sexual
Data 15/06/2017 às 14:18
Geral

Com redução nas refinarias, preço do diesel nas bombas sobe mais de 5% na semana, diz ANP

Levantamento mostra que o valor médio da gasolina para o consumidor final também subiu na semana.
Data 26/05/2018 às 01:49
Geral

Sete municípios de Rondônia já estão sem energia por falta de combustível

Em Campo Novo, Vale do Anari e Costa Marques em Rondônia não há mais diesel nas termelétricas.
Data 25/05/2018 às 12:41