Início >> Notícia >> Categoria >> Esporte >> Depois-de-superar-lesao-e-garantir-vaga-Filipe-Luis-afirma-Quero-e-ganhar-a-Copa

Depois de superar lesão e garantir vaga, Filipe Luís afirma: "Quero é ganhar a Copa"

Imagem não disponível

Lateral-esquerdo da Seleção fala sobre o receio de ficar fora de uma Copa do Mundo pela terceira vez, conta sobre a recuperação da fratura na perna esquerda e comenta sonho com o título na Rússia

14

Amazônia Central 15/05/2018 às 01:47 15/05/2018 às 01:57

Viver pela terceira vez seguida a tristeza de ficar fora de uma Copa do Mundo, depois de chegar tão perto, estava fora de cogitação para o lateral-esquerdo Filipe Luís. Mas uma fratura na perna esquerda em março trouxe de novo esse receio. Aos 32 anos, o risco era grande. Só que Filipe estava preparado mentalmente para o desafio. Em tempo menor do que o previsto, ele se recuperou fisicamente, voltou a jogar e garantiu o nome na lista do técnico Tite para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

– Todo mundo tem um sonho de jogar uma Copa do Mundo. Eu quero é ganhar a Copa do Mundo. Para ganhar, tem que estar lá. Hoje foi um primeiro passo. Sempre sonhei em ganhar. Estamos no caminho certo. Esse é o ano em que a seleção está mais completa ao chegar na Copa – declarou o jogador, ao Globoesporte.com, por telefone.


"O sentimento é de muita, muita felicidade. Só Deus sabe o que eu realmente passei e trabalhei nos últimos meses, com essa lesão. Foi uma alegria imensa quando vi meu nome. Eu me esforcei muito, muito, para estar disponível para a Copa. Foi fundamental ter sempre o pensamento positivo"


No dia 15 de março, durante o confronto entre Atlético de Madri e Lokomotiv Moscou, pela Liga Europa, o lateral-esquerdo sofreu uma fratura na fíbula da perna esquerda. O tempo de recuperação estimado inicialmente era de dois a quatro meses. Filipe Luís voltou a jogar cerca de 50 dias após a cirurgia, impressionando o departamento médico do Atlético de Madri. Esteve em duas partidas pelo Campeonato Espanhol. E na próxima quarta-feira, terá a decisão da Liga Europa.


 Filipe Luís quase perdeu a Copa, por lesão (Foto: Reuters)

Filipe Luís quase perdeu a Copa, por lesão (Foto: Reuters)

– Acho que fui o primeiro jogador na história a quebrar as duas pernas antes de Copa do Mundo (risos). Claro que bateu uma tristeza no momento, o risco de ficar fora... Mas eu sou bastante religioso. Deus colocou um propósito na minha vida, confio nele. Sei que com força de vontade, fé e perseverança, se consegue qualquer coisa. Depois da lesão, quando entrei no vestiário, já estava pensando: "Vai dar tempo, vamos chegar". Eu já estava pensando no que fazer no dia seguinte – contou.


"Acho que o segredo foi nunca perder o ritmo de trabalho, sempre continuar me dedicando, de manhã, à tarde, à noite"

Filipe Luís voltou a treinar pelo Atleti em tempo recorde (Foto: Reprodução / Instagram)

Filipe Luís voltou a treinar pelo Atleti em tempo recorde (Foto: Reprodução / Instagram)

Essa perseverança já existia desde 2010, quando Filipe Luís teve a primeira decepção dele com Copas do Mundo. No início daquele ano, ele sofreu uma fratura no tornozelo direito. Se esforçou ao máximo, mas não viajou para a África do Sul. Depois, em 2014, ficou fora da lista do técnico Luiz Felipe Scolari, apesar da ótima temporada pelo Atlético de Madri (campeão espanhol e vice-campeão da Liga dos Campeões).

O lateral-esquerdo não fez parte dos 16 atletas confirmados pelo técnico Tite antes do anúncio desta segunda-feira. Mas poderia fazer. Ele esteve na lista em oito das dez convocações desde que o treinador assumiu a Seleção. Disputou cinco jogos, com boas atuações contra Peru, Bolívia e Venezuela (foi capitão do time nesta partida).

– Todo mundo que está lá desde o começo do trabalho do Tite se sente importante. Ele tem essa capacidade de fazer todo mundo se sentir assim. Ele deixou claro para mim, desde o começo, que me respeitava, que me valorizava da mesma forma que os outros. Ele demonstra que todos têm que dar o máximo, porque há outros se esforçando – disse.

Filipe Luís fez até hoje 31 jogos pela Seleção e marcou dois gols, ambos pelas Eliminatórias. Disputou a Copa das Confederações de 2013 e a Copa América em 2015 e 2016. Agora, pela primeira vez, irá à Copa do Mundo.

imagem

Amazônia Central

Web rádio da amazônia levando o melhor som em qualquer lugar
VEJA TAMBÉM
Música

Emicida lança música que gravou para a estreia do filme no Brasil

Pantera Negra, a música, é composição assinada por Emicida em parceria com Felipe Vassão, autor da melodia.
Data 04/02/2018 às 02:17
Esporte

Terça teve estreia do Genus e cara nova no RSC

Tanaka assina para 2017
Data 04/01/2017 às 03:52
Esporte

Periquito viaja às 9 h para Ariquemes, e leva dois times

Real Ariquemes e Rondoniense
Data 22/03/2017 às 03:35
Esporte

Rondoniense SC faz incursão às Escolas para atrair torcedores mirins

Nesta quarta tem Aluizão
Data 03/04/2017 às 23:12
Esporte

Em jogo de nove gols o Atlético Clube 14 BIS passa para as quartas de final

1ª Copa Rondoniense Tupy
Data 11/07/2017 às 01:33
Música

Orquestra Jovem do RS estreia temporada 2017

Com entrada franca, concerto da temporada oficial será nesta quara-feira no Teatro da Santa Casa, em Porto Alegre
Data 24/04/2017 às 22:48
Esporte

Site italiano noticia sondagem do Atlético por Gabriel

Santos, Arsenal, Chelsea e Liverpool seriam concorrentes do Galo por Gabigol
Data 18/12/2016 às 07:35
Esporte

É de Rondônia o artilheiro da Copa Verde 17

Careca fez 5 gols em 6 jogos
Data 17/05/2017 às 17:07