Início >> Notícia >> Categoria >> Geral >> Casa-onde-venezuelanos-viviam-pega-fogo-e-crianca-fica-ferida-em-RR

Casa onde venezuelanos viviam pega fogo e criança fica ferida em RR
Criança de 3 anos e o pai estão internados com queimaduras pelo corpo. Familiares acreditam que incêndio foi criminoso. Polícia Civil investiga.

08/02/2018 às 19:23 08/02/2018 às 19:23

345

Publicada por: Francisco Silva
Fonte: G1

Uma casa onde viviam 13 venezuelanos pegou fogo na madrugada desta quinta-feira (8) no bairro Mecejana, zona Oeste de Boa Vista. Uma criança de 3 anos e os pais ficaram feridos. Familiares acreditam que o incêndio tenha sido criminoso.

A criança está internada no setor de trauma do Hospital da Criança, onde ficam os casos graves, acompanhada da mãe, Yadixa Aristimuño, 25.

Segundo uma parente da família que não quis se identificar, o fogo destruiu o quarto e queimou o rosto, orelhas e outras partes do corpo da menina. O pai da criança também ficou ferido nas pernas e está internado no Hospital Geral de Roraima (HGR).

Na última segunda (5), um caso parecido ocorreu no mesmo bairro. Imagens de câmeras de segurança flagraram um homem jogando gasolina e ateando fogo em direção a varanda de uma casa onde vivem 31 venezuelanos.

Uma imigrante que dormia com outra pessoa em uma rede na varanda da casa teve queimaduras de segundo grau no rosto, pescoço e costas. A Delegacia Geral de Homicídios está investigando o caso.

Mulher teve queimaduras de primeiro e segundo grau no pescoço, costas e rosto. (Foto: Emily Costa/G1 RR)

Mulher teve queimaduras de primeiro e segundo grau no pescoço, costas e rosto. (Foto: Emily Costa/G1 RR)

No incêndio desta quinta, familiares sustentam a informação de que alguém provocou as chamas que tiveram início por volta das 4h, mas nenhum suspeito foi visto no local.

Uma equipe de peritos da Polícia Civil esteve na residência para investigar o local no começo da tarde desta quinta-feira (8). Além dos peritos, o Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (NPCA) também está investigando as causas do crime e integrantes da família devem ser ouvidos.

Criança está internada no setor de trauma do Hospital da Criança em Boa Vista. (Foto: Arquivo pessoal)

Criança está internada no setor de trauma do Hospital da Criança em Boa Vista. (Foto: Arquivo pessoal)

Yakelys Vasques, de 28 anos, prima de Yadixa, disse que os moradores da residência acordaram com a casa pegando fogo.

"A gente não viu quem fez, acordamos com os gritos deles [pais e a menina] dentro do quarto e o fogo tomando de conta. Foi terrível. Até agora estou muito mal com tudo isso", lamentou Yakelys.

À Rede Amazônica Roraima, a Secretaria Municipal de Saúde disse que a criança segue internada, mas que o estado de saúde dela é 'estável'.

Publicado por: Francisco Silva

Proprietário da web Rádio Amazônia Central, Acadêmico em sistemas de informação 8º período (1/2018) e Editor de imagens. WhatsApp (69) 9 9283-9969
VEJA TAMBÉM
Geral

Porto Público de Porto Velho comemora resultados de 2017

Até o fechamento do relatório de movimentação de cargas, realizado em dezembro, a previsão da 2,4 milhões de toneladas exportada/importada
Data 22/12/2017 às 21:08
Geral

Após prisão, jornalistas brasileiros deixam a Venezuela

Jornalistas da TV Record foram deitdos no sábado, ao fazer uma reportagem sobre corrupção envolvendo a empreiteira Odebrecht e autoridades locais
Data 13/02/2017 às 04:21
Ciência e tecnologia

Operadora americana testa Internet de até 1 Gb/s por rede elétrica

Velocidade se equipara à Internet por fibra ótica. Entenda como funcionam os testes.
Data 18/12/2017 às 16:48
Música

Solange Almeida anuncia saída do grupo Aviões do Forró

Cantora esteve no grupo durante 14 anos
Data 23/12/2016 às 03:24
Geral

Geólogos explicam ocorrência de terremoto no Maranhão

O ultimo terremoto aconteceu na terça(3) de magnitude 4,7 na escala Richter
Data 04/01/2017 às 17:21
Esporte

Série D: Genus e S. Raimundo RR para sair da rabeira

Os dois últimos colocados do Gr A03
Data 18/06/2017 às 03:26
Educação

Seduc oferece reserva de matrículas pela internet em Rondônia

A medida foi tomada para evitar filas de espera nas escolas
Data 07/01/2017 às 00:30