Início >> Notícia >> Categoria >> Geral >> Casa-Branca-diz-nao-ver-paz-na-Siria-se-Assad-continuar-no-poder

Casa Branca diz não ver paz na Síria se Assad continuar no poder
Rebelde sírio faz patrulha ao lado de aviões destruídos na base aérea de Tabqa, perto de Raqqa

11/04/2017 às 22:30 11/04/2017 às 22:30

926

Publicada por: Francisco Silva
Fonte: Folha de São Paulo

O porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, declarou nesta segunda (10) que "não imagina uma Síria estável e pacífica com Bashar al-Assad no poder" e que os EUA "estão abertos" a promover novas ações militares contra Damasco.

A declaração é a primeira de Spicer desde o ataque aéreo americano contra uma base aérea síria na madrugada de sexta (noite de quinta, 6, em Brasília) e corrobora a posição da embaixadora dos EUA na ONU, Nikki Haley.

Com isso, a estratégia de Washington fica um pouco mais clara, já que antes o secretário de Estado, Rex Tillerson, afirmara que a prioridade dos EUA no país não era o fim do regime de Assad e sim o combate ao Estado Islâmico.

Pesquisa divulgada nesta segunda pelo instituto Gallup mostra que 50% dos americanos apoiam a ação, e 41% a reprovam.

A aprovação é a segunda pior registrada logo após uma ação militar dos EUA em 24 anos (contra a Líbia, era de 47%). A polarização fica clara: entre os republicanos a aprovação é de 82%, contra 33% entre os democratas. A pesquisa ouviu 1.015 adultos nos dias 7 e 8 e tem margem de erro de quatro pontos a mais ou a menos.

A decisão dos EUA de atacar o governo Assad —a primeira ação militar do país contra o regime sírio desde o início da guerra, em 2011— foi tomada após um ataque com gás matar ao menos 80 pessoas em Khan Shaykhun no dia 4.

Washington acusa Damasco de ser o autor do ataque com armas químicas, o que o regime nega.

Desde a ação de sexta, porém, assessores de Trump haviam dado declarações contraditórias sobre a posição dos EUA em relação ao ditador sírio.

Tillerson, que se reuniu nesta segunda com seus colegas do G7, será recebido na quarta (12) por Sergei Lavrov em Moscou. A Síria, que dominou o debate do grupo de potências, deve monopolizar o encontro dos dois chanceleres.

Publicado por: Francisco Silva

Proprietário da web Rádio Amazônia Central, Acadêmico em sistemas de informação 8º período (1/2018) e Editor de imagens. WhatsApp (69) 9 9283-9969. CV: http://lattes.cnpq.br/4738070963523179
VEJA TAMBÉM
Geral

Falha em disjuntor no Xingu provocou "colapso" de energia no Norte e Nordeste

O diretor geral do ONS afirmou ainda que todos os Estados das regiões Norte e Nordeste foram afetados pelo apagão
Data 22/03/2018 às 07:51
Geral

Petrobras anuncia redução de 2,8% no preço da gasolina

Trata-se do 5º corte seguido. Preço do litro cairá 2,84% a partir desta terça-feira (29), passando de R$ 2,0096 para R$ 1,9526
Data 30/05/2018 às 00:37
Música

Cantor sertanejo Victor posta letra de música sobre 'momentos inevitáveis'

'Há momentos inevitáveis/ Que o coração da gente pede resposta', diz a canção composta por Victor.
Data 02/03/2017 às 12:05
Música

Pupila de Anitta, Clau é sucesso no YouTube

Já tem até música gravada com a Poderosa
Data 08/04/2018 às 17:16
Geral

Angola diz que satélite Angosat está "sob controlo"

Segundo notícias divulgadas hoje, a Rússia perdeu o contacto com o primeiro satélite angolano de telecomunicações
Data 27/12/2017 às 19:56
Esporte

Quintino dá "adeus" ao futebol

Agora concluir curso superior
Data 06/04/2017 às 20:47
Música

UFPA promove I Encontro Internacional de Música

Evento aberto na próxima segunda-feira, 26, contará com cursos, recitais e masterclasses em diversos espaços culturais da capital paraense.
Data 25/06/2017 às 17:39
Ciência e tecnologia

Estamos sozinhos no Universo? Três acadêmicos de Oxford concluem que provavelmente sim

Se existem bilhões de possibilidades de existência de outras civilizações inteligentes, por que nenhuma foi detectada? Um novo estudo procura dar essa resposta.
Data 01/07/2018 às 21:07