Início >> Notícia >> Categoria >> Geral >> Apos-prisao-jornalistas-brasileiros-deixam-a-Venezuela

Após prisão, jornalistas brasileiros deixam a Venezuela
Jornalistas da TV Record foram deitdos no sábado, ao fazer uma reportagem sobre corrupção envolvendo a empreiteira Odebrecht e autoridades locais

13/02/2017 às 04:21 13/02/2017 às 04:21

1120

Publicada por: Francisco Silva
Fonte: Veja com O Estadão

O Itamaraty informou na noite deste domingo que os jornalistas da TV Record Leandro Stoliar e Gilson Souza, que foram presos na Venezuela ao fazer reportagem sobre corrupção envolvendo a Odebrecht e autoridades locais, acabam de decolar de Caracas, em voo comercial com destino a Lima, no Peru. De lá, eles vão partir para São Paulo.

“Desde que foi informado da detenção dos repórteres, o governo brasileiro, por instrução do próprio presidente Michel Temer, atuou junto às autoridades venezuelanas no sentido de que fossem prontamente libertados”, diz nota do Itamaraty.

 

O órgão explicou ter optado “pela realização de contatos diretos, sem divulgação passo a passo, de modo a evitar que sua repercussão prematura pudesse complicar o processo”. “Ao afirmar seu compromisso com os direitos humanos, o governo brasileiro reitera sua posição em defesa da liberdade de imprensa, cuja contribuição é indispensável ao pleno exercício da democracia”, acrescentou o Itamaraty.

Os jornalistas foram presos no sábado no estado de Zulia, no norte da Venezuela, aproximadamente às 12 horas do horário local. A equipe foi detida pelo Serviço Bolivariano de Inteligência Nacional (Sebin) junto a dois ativistas venezuelanos, José Urbina e María Jose Túa. Segundo a ONG Transparência Venezuela, os jornalistas brasileiros investigavam denúncias de suborno por parte da construtora Odebrecht no país vizinho.

A Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel) repudiou “veementemente” a ação do governo venezuelano em nota. “Tal decisão é abominável e digna apenas de regimes ditatoriais que não aceitam o livre exercício da imprensa e temem a verdade”, afirma o comunicado. Segundo a Abratel, todo o equipamento e o material jornalístico produzido pela equipe foram apreendidos.

Publicado por: Francisco Silva

Proprietário da web Rádio Amazônia Central, Acadêmico em sistemas de informação 8º período (1/2018) e Editor de imagens. WhatsApp (69) 9 9283-9969
VEJA TAMBÉM
Geral

Decreto de Trump tira EUA do maior acordo comercial do mundo

Na primeira segunda-feira de trabalho, Trump encerra parceria. ‘Vai ser muito bom para os trabalhadores americanos’, disse.
Data 24/01/2017 às 02:44
Geral

Furacão Irma deixa quatro mortos e 21 feridos em St. Martin

Reforços humanos e materiais foram enviados para a região
Data 07/09/2017 às 20:20
Geral

Angola diz que satélite Angosat está "sob controlo"

Segundo notícias divulgadas hoje, a Rússia perdeu o contacto com o primeiro satélite angolano de telecomunicações
Data 27/12/2017 às 19:56
Geral

Programa de TV flagra ação de carvoeiros irregulares na Amazônia

Estreia da temporada denuncia exploração e falta de acesso à educação
Data 17/01/2018 às 18:31
Geral

Após ler notícia falsa, ministro paquistanês ameaça Israel com ataque nuclear

Pelo Twitter, o ministério da Defesa israelense desmentiu as informações
Data 26/12/2016 às 22:43
Música

'Antepassado' do Spotify mudou a maneira como ouvimos música

Se você costuma escutar músicas no seu celular, agradeça a um alemão idealista chamado Dieter Seitzer
Data 13/11/2017 às 09:57
Concurso e Emprego

Rádio Jovem Pan oferece salário de R$ 30 mil para William Waack

Mesmo com o valor altíssimo de salário, Waack teria recusado
Data 16/02/2018 às 11:12
Cultura

A Amazônia não é nossa

O governo Temer e a bancada ruralista do Congresso estão empenhados em transformar a maior floresta tropical do mundo em propriedade privada de poucos
Data 04/10/2017 às 08:26